assbutt-from-gallifrey:

This photo set keeps my heart warm

(Source: chucknoblet)




(Source: con-seguindo)




(Source: dailydoseofhiddles)



Gente fina é aquela que é tão especial que a gente nem percebe se é gorda, magra, velha, moça, loira, morena, alta ou baixa. Ela é gente fina, ou seja, está acima de qualquer classificação. Todos a querem por perto. Tem um astral leve, mas sabe aprofundar as questões, quando necessário. É simpática, mas não bobalhona. É uma pessoa direita, mas não escravizada pelos certos e errados: sabe transgredir sem agredir. Gente fina é aquela que é generosa, mas não banana. Te ajuda, mas permite que você cresça sozinho. Gente fina diz mais sim do que não, e faz isso naturalmente, não é para agradar. Gente fina se sente confortável em qualquer ambiente: num boteco de beira de estrada e num castelo no interior da Escócia. Gente fina não julga ninguém - tem opinião, apenas. Um novo começo de era, com gente fina, elegante e sincera. O que mais se pode querer? Gente fina não esnoba, não humilha, não trapaceia, não compete e, como o próprio nome diz, não engrossa. Não veio ao mundo pra colocar areia no projeto dos outros. Ela não pesa, mesmo sendo gorda, e não é leviana, mesmo sendo magra. Gente fina é que tinha que virar tendência. Porque, colocando na balança, é quem faz a diferença.
~ Martha Medeiros.  (via aluguefelicidade)

(Source: p-r-o-s-a-s)





Minha solidão não depende da presença ou ausência de pessoas, pelo contrário, eu odeio quem rouba minha solidão sem, em troca, me oferecer verdadeira companhia.
~ Friedrich Nietzsche.    (via divindades)

(Source: catedrais)



Era ele. Aquele seu sorriso torto que me fazia rir tão facilmente. Estar com ele era tão natural, apenas a sua companhia tornaria um dia que tinha tudo para dar errado, ser um dos dias mais gostosos de se viver e relembrar. Ele era meu amigo, meu amante, meu namorado, meu irmão, meu sonho, minha ilusão. Quantos planos planejei para nos? Quantos sonhos já sonhei para nosso futuro? Quantas vezes já não mergulhei no mar dos teus olhos desejando me perder ali? Você nunca me deu esperanças… Sempre me roubando o prazer da ilusão com alguma frase de ambígua interpretação… Sempre será assim não é? Eu aqui, amando por nos dois, e você ai, fingindo que não sabe de nada…

Era ele. Aquele seu sorriso torto que me fazia rir tão facilmente. Estar com ele era tão natural, apenas a sua companhia tornaria um dia que tinha tudo para dar errado, ser um dos dias mais gostosos de se viver e relembrar. Ele era meu amigo, meu amante, meu namorado, meu irmão, meu sonho, minha ilusão. Quantos planos planejei para nos? Quantos sonhos já sonhei para nosso futuro? Quantas vezes já não mergulhei no mar dos teus olhos desejando me perder ali? Você nunca me deu esperanças… Sempre me roubando o prazer da ilusão com alguma frase de ambígua interpretação… Sempre será assim não é? Eu aqui, amando por nos dois, e você ai, fingindo que não sabe de nada…




(Source: perryxhudson)